quarta-feira, 22 de junho de 2011

Podemos aprender grandes lições nas tempestades

 
 
"Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão. Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque...
 
o vento soprava contra ele. Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar." Mateus 14.22-25
O texto acima relata uma das piores tempestades que os discípulos de Jesus enfrentaram e narra o episódio em que Jesus andou por cima do mar. Na vida do crente existe o hábito de chamar as adversidades da vida de tempestades. Quantas vezes conversamos com um irmão e ele diz que está passando por uma tempestade, uma adversidade, um momento ruim?
Deus deseja nos ensinar como comportar diante das adversidades.
1ª lição: quando estamos debaixo da tempestade precisamos ter a convicção que estamos debaixo da vontade de Deus. Vs 22Quando temos essa convicção de que estamos obedecendo a vontade de Deus, temos segurança que o Senhor está conosco.
Os discípulos esqueceram-se que Jesus havia dado uma ordem. Se você está atravessando uma luta na sua vida? Tenha a convicção que está debaixo duma ordem de Jesus.  Se está em obediência ao Senhor, chegará lá e não naufragará.

2ª Lição: precisamos entender que na vida existem momentos em que é necessário estarmos sozinhos.  Vs 23Jesus não foi com os discípulos para o mar. Ele foi para o monte orar porque precisava orar, falar com o pai. Existem momentos na vida em que parece que todos somem e nos vemos completamente sozinhos, são nestes momentos que precisamos vivenciar um tempo com Deus.  
3ª lição: quando estamos no meio da tempestade, não dá mais para voltar atrás. Vs24Muitas vezes na nossa vida quando vem o problema, a luta, seja na saúde, nas finanças, sentimos a vontade de voltar atrás, mas ao olhar para esse texto, aprendemos que a mesma distância para chegar ao porto seguro, é a mesma para chegar a estaca zero.  Deus quer que cheguemos ao final.
Se você está exausto, fatigado, não desista, não volte atrás. “O meu justo viverá da fé e se ele recuar a minha alma não tem prazer nele.”
4ª lição: parece ser o fim, mas não se entregue, não desistaQuando parecia ser o fim, Jesus veio andando por sobre as águas. Talvez alguém disse pra você que é o fim, o ponto final, mas Jesus diz que ainda não acabou, que não é o fim, Deus tem mais para a sua vida. O que parecia ser o fim não é o fim, mas o começo de um novo tempo na sua vida.
5ª lição: quando estamos com Jesus mesmo na tempestade somos encorajados a realizar coisas novas.
Quando temos Jesus na nossa vida, somos encorajados a prosseguir mesmo diante das tribulações e adversidades, porque mesmo na luta temos a expectativa de coisas novas.
“Disse-lhe ele: vem. Pedro descendo do barco, e andado sobre as águas foi ao encontro de Jesus.” Vs 29
Diante da maior tempestade da sua vida, Pedro ousou andar por sobre as águas. Só anda sobre as águas quem sai do barco, quem faz coisas diferentes, quem ousa e quer viver outro nível, um nível diferenciado de experiência e de fé.  Mesmo diante da crise, do problema, da adversidade, podemos ter experiências melhores e maiores com Deus. Faça a diferença na sua geração, não fique dentro do barco. Ande com Jesus por sobre as águas.
6ª lição: quando estamos na tempestade da vida é possível recomeçar mesmo se estivermos colhendo frutos de um erro
Se reconhecermos o nosso erro e colocarmos os nossos olhos em Jesus chegaremos no nosso alvo. Quando Pedro tirou os olhos de Jesus ele afundou, mas num instante ele gritou: "Jesus socorre-me" e Jesus estendeu  suas mãos a ele. Pedro voltou a caminhar de novo com Jesus pela segunda vez, porque Deus é amor.  O Senhor é o Deus da segunda chance.

7ª lição: com Jesus sempre chegaremos ao finalO Senhor não deseja que paremos no meio do caminho, Ele quer que cheguemos ao final. Os discípulos chegaram no final, porque  estavam com Jesus. Vs 36. Chegaremos ao final, se estivermos com Cristo.  
Pr. Odilton Ângelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário